terça-feira, 22 de maio de 2012

FICA DECRETADO


"Eis que assim fica decretado, que se tome nota
E que tudo fique revogado no ato da sua volta:
Que possa sim, toda poeira juntar-se no violão
Ainda que as partituras revelem linda canção..."

quinta-feira, 3 de maio de 2012

FIM DOS TEMPOS!?


"A toda custa, gastem o tempo que for, continuam afirmando,
A todo vento, aos quatro cantos, sem que disso se cansem,
Numa frágil presença, num dúbio querer de seguir amando,
Sem vislumbrar suave música, para que as almas dancem."